terça-feira, 15 de julho de 2014

ABORTO INTENCIONAL


A Doutrina Espirita trata com muita clareza esta questão do Aborto no Livro dos Espíritos na questão 358 onde diz.
Constitui crime provocar  um aborto em qualquer período de gestação.
Há crime sempre que transgredis a lei e Deus.
A mãe ou quem quer que seja comete um crime sempre que tira a vida a uma criança antes do seu nascimento, porque isso vai impedir que um Espírito de passar pelas provas que a seu corpo serviria de instrumento para resgatar.
Sobre os direitos do ser humano, foi muito categórica a resposta dos espíritos superiores a Allan Kardec na questão 880 do livro dos Espíritos.
Qual o primeiro de todos os direitos naturais do homem.
O de viver.
Por isso é que ninguém tem o direito de tentar tirar a vida ao seu semelhante, nem comprometer a sua  existência corporal.
Para a Doutrina Espirita, está claramente definida o inicio em que o ser espiritual se insere na estrutura celular, iniciando a vida biológica com todas as suas consequências.
Na questão 344 do Livro dos Espíritos surge a pergunta feita por Allan Kardec os Espíritos Superiores.
Em que momento o Espírito se une ao corpo.
A união começa logo na conceção, mas se completa no momento do nascimento, pois deste o momento da conceção, o espírito designado para habitar um corpo a este se liga por um laço fluídico que cada vez mais se vai apertando até ao momento em que a criança vê a luz.
O  grito que o recém nascido solta anuncia que ela faz parte do mundos dos vivos e dos servos de Deus.
As ciências modernas, por meio de diversas formas vem a confirmar segundo a visão espirita acerca do momento em que a vida humana se inicia.
A Doutrina Espirita firma essa certeza definitiva estabelecendo uma ponte entre o mundo físico e o mundo espiritual, quando oferece registros de que o ser é preexistente á conceção bem como sobrevivente á morte biológica.
A tese da Reencarnação que a Doutrina Espirita apresenta tem como seu eixo fundamental a vida e o homem em toda a sal amplitude, sendo hoje objeto de estudo  de outras disciplinas do conhecimento humano que através de provas cientificas confirmam a síntese filosófica do Espiritismo. Nascer… Morrer …Renascer ainda e progredir sempre, tal é a Lei.
Então não se pode conceber o estudo do Aborto sem considerar o principio da reencarnação, que a Parapsicologia também aborda ao analisar a memória extra cerebral, ou seja a capacidade de algumas pessoas espontaneamente se lembrar de fatos ocorridos com elas, antes de seu nascimento.
Dentro da lei dos renascimentos se estrutura ainda a terapia de regressão de vidas passadas que a Psicologia e a Psiquiatria utilizam para o tratamento de traumas psicológicos com origem em outras vidas, e principalmente nas que estiveram envolvidas na prática do Aborto.

Aborto Delituoso

Ficamos muito comovidos habitualmente diante das grandes tragédias que agitam a opinião pública, homicídios que convulsionam a imprensa e mobilizam largas equipas policiais, furtos espetaculares que inspiram fortes medidas de segurança, assassínios, conflitos, assaltos de todo o tipo criam uma guerra de nervos em todo o lado, e para culminar semelhantes situações de ignorância e de delinquência erguem – se carceres e fundem se algemas, organizam – se o trabalho forçado e em algumas nações a própria lapidação dos infelizes é praticada na rua sem qualquer sentimento de piedade.
Mas todavia existe um crime mais doloroso pela volúpia da crueldade com que é praticado no  santuário doméstico ou no regaço da natureza….. Crime estarrecedor, porque a vitima não tem voz para suplicar piedade nem braços fortes para ter movimentos de reação.
Estamos a falar do Aborto Delituoso com que os pais inconscientes ordenam a morte dos seus próprios filhos asfixiando – lhes a vida antes que possam sorrir para a  verdade da luz.
Homens da terra e sobretudo vós corações maternos vamos manter a exaltação do amor e da vida, tirando de vós o pensamento do Aborto cuja ação vos vai desequilibrar o Espírito e vos torna o caminho muito complicado,
Fugi desta tentação negativa de sufocar os rebentos do vosso próprio seio, porque os espíritos de matais são mensageiros da Providência que vem ao vosso lar em vosso socorro, pois se não há legislação humana que vos não deixe fazer semelhante crime, que é o infanticídio nos recintos familiares, sintam que aos olhos do Mestre Divino que tudo vê, maus tarde todo se paga.

Um Exemplo.

O Espírito de André Luiz no seu livro Os Missionários da Luz no exemplifica um caso de Fecundação Assistidos pelos construtores espirituais, vemos com agem solucionando dentro de milhões o espermatozoide que se vai unir  ao ovulo, é um momento de amor aquele que vai unir  á mãe, como uma flor une a sua haste quando passa a ser Espírito do seu próprio espírito, aquele que será carne da própria carne.
Com todos os detalhes a Reencarnação nos é mostrada como se processa nos dois planos da vida, Espiritual e Material horas após a relação sexual, opera – se a fecundação auxiliada pelas Entidades Espirituais Elevadas, o mapa cromossômico é muito bem analisado e os genes localizados com normalidade, a célula ovo, microscópica desdobra – se em mapas, deixando á mostra a geografia dos genes da hereditariedade.
Notável para este nosso estudo é a observação fiel da dimensão e do enquadramento da Fecundação nos imortais parâmetros da Justiça Divina, contida nos sábios postulados da Reencarnação indissociáveis no processo das matrizes Morais impressas no Espírito que vem reencarnar que merecem a mais profunda análise e consideração para o coro físico que vai ter á luz de Causa e Efeito.
Observei interessado, o extraordinário movimento no desenvolvimento da estrutura do novo corpo em formação e notei o cuidado empregue pelos Espíritos presentes para que tudo fosse feito com a devida exatidão.
Em razão disso o Aborto raramente se verifica por causas da nossa esfera de ação, em regra geral origina – se por recuo inesperado dos pais terrestres diante das sagradas obrigações assumidas ou aos excessos de leviandade e falta de consciência criminosa das mães menos preparadas na compreensão deste ministério Divino, é que assim se encontram vasos menos preparados, menos dignos, e então nós tudo fazemos para opor – lhes resistência aos seus projetos de fuga ao dever quando essa fuga representa um mero capricho de irresponsabilidade, sem qualquer base nos programas edificantes.
Claro, porém que a nossa interferência no assunto quando se trata de uma luta aberta com os nosso irmãos encarnados transitoriamente esquecidos das suas obrigações de cumprir, tem muitas vezes os seus limites.
Se os interessados retrocedem nas decisões espirituais estando constantemente contra as decisões espirituais somos obrigados a deixar á sua sorte, dai a razão de existirem muitos casais humanos absolutamente sem a coroa dos filhos, pois anularam  as suas próprias faculdades geradoras, quando não procederam assim no presente, agiram assim no passado sequiosos de satisfação egoística, determinaram sérias anomalias na organização psíquica que lhes é peculiar, neste último caso experimentam dolorosos períodos de solidão e sede afetiva até que voltem a refazer dignamente o património de veneração que todos temos de ter e devemos ás Leis de Deus.
Apenas este pequeno texto feito a Divaldo demostra que o Aborto é um crime.
Divaldo e o Aborto… Tolhe a reencarnação, Corta e reencarnação ou suspende a reencarnação.
O Aborto impede a reencarnação, adiando, porque aquele filho que foi expulso pela interrupção no corpo da mãe, há –de voltar até nós num corpo estranho que foi recolhido por um ato irreverente de sexualidade , ou por uma conceção de natureza inditosa vai voltar até nós na condição de alguém deserdado, e muitas vezes como delinquente …. Os filhos que muitas vezes não aceitamos no nosso lar entram pela janela da nossa casa na roupagem de um menor de conduta anti social, será muitas vezes portador de tóxicos para os nosso filhos ou nossa filha, aquele que um dia expulsamos do nosso regaço materno pode voltar, por que não pode ser punido pela leviandade dos pais…  mas os pais serão um dia mais tarde punidos pela nossa irresponsabilidade através das Leis Soberanas da vida.
Amigos vamos meditar um pouco e ao mesmo tempo ajudar todo aquele que tenha esses pensamentos de abortar…. Um grande abraço de muita paz e veste tema vaio continuar…

Manuel Altino
Postar um comentário