sexta-feira, 14 de setembro de 2012





O Espirito e sua Idade

“ Quanto mais cresço, mais acho me sinto pequeno, não pelo corpo, mas pelo crescimento moral, espiritual e intelectual.” Cravo

  O mundo espiritual elege diferenças no que concerne ao mundo material de diversas formas. Entre elas, sem duvida, é a relação de espaço - tempo.
  Mas algo intrigante e por vezes,  duvida de muitos Seres, em relação aos espíritos, qual a idade deles? Será que envelhecem em idade? Qual a forma de poderrmos fazer dar resposta a essa condição dentro do plano material? O nosso espírito é jovem ou idoso?
  Muitos encarnados , na ansia de querer saber , fazem regressões, apenas pela apelação de quererem saber quem eram, ou se eram , principes ou reis, acreditem, que é verdade... Apenas buscam a curiosidade, mas não se preocupam com a essência do crescimento , do que é necessário fazer para tal. Enfim, no fundo é apenas reflexo de falta de identidade, pessoal.
  Não existe relação da idade do corpo com a idade do espirito, relacionar, seria ilógico,   Não podemos de maneira alguma saber a idade real de cada espírito encarnado, pois desconhecemos a suas várias vivencias anteriores e o tempo tido no próprio plano espiritual. Poderemos sim entender pela indicação evolutiva espiritual o possível ponto evolutivo da criança.Portanto, uma criança de hoje poderá ser muito mais velha em idade real que um idoso agora, e ser muito mais evoluída. Esta situação é simplesmente uma questão da necessidade reencarnatória individual e, portanto, de quanto tempo e quando se vai reencarnar. A idade real do indivíduo de hoje fica assim, é simplesmente denecessária, pois tratando-se da importância na vida real. Devemos isso, sim, fazer um esforço para melhorar a nossa atitude com o avanço da nossa idade terrena.
    Muito individuos(as) tem receio do envelhecimento e fazem de tudo para se manterem, em forma, a exemplo; plasticas, mudar cor de cabelo, ir para ginásios,como se isso fosse alterar a idade e o tempo de estadia que aqui ficam, mas é apenas apuro de ignorância moral. Claro que devemos zelar pelo corpo fisico, mas daí, a querer enganar o tempo e sua idade, é pura debilidade  de conhecimento. Todas as fases de idade são de extrema importância, desde a infãncia, adolescência, meia idade, e idoso. inegavelmente todas as fases são importantes para o espírito encarnado e a cada uma delas as dificuldades aparecidas terão de ser ultrapassadas da maneira ao alcance de cada Ser e consoante as suas capacidades de resposta a esses mesmos estágios de evolução! Sim, porque é aí que vamos assumindo a evolução pelas experiências, a espaços vividas em cada reencarnação. No plano terreno é desta forma, em outros planos as características da reencarnação podem ser completamente diferentes.
    A cada periodo das nossas vidas, vamos deixando rasto pelos sentimentos positivos e negativos vividos, emoções e ações, que na infãncia não valorizariamos, mas que chegados a adultos , verificamos a sua enorme importãncia na nossa vida e evolução consequentemente. O puzzle de todos espaços que vamos ultrapassando em cada vivência, começando pelo nascimento, os Pais, a Familia, a envolvência com a Sociedade e Humanidade, fará a relação do que conseguimos crescer, e pelo valor das nossas ações poderemos fazer uma anologia a um determinado reflexo do preterito, a exemplo; tendências, gostos, desejos, repulsas e sensibilidade para determinadas areas e atuação, isso sim, nos permite ajudar a conhecer-nos, bem como a forma como nos relacionamos com o próximo e afinidades.
 È importante compreendermos que cada espirito encarnado tem suas características evolutivas rasto esse que forma a sua personalidade ao longo do tempo.
   Não poderemos querer explicar se é coerente e racional que Seres nascidos e criados nnuma mesma massa familiar, portanto, no mesmo lar, com os mesmos ensinamentos e educação dos pais, os mesmos tratos e amor, eles serem o inverso em personalidades. A assimilação dos conceitos oferecidos á criança pelos progenitores ou por qualquer pessoa depende inexoravelmente do seu grau evolutivo. Afinidades, antipatias ou nenhum desses são importantes na aceitação ou na negação naturais das práticas do comportamento humano. Mesmo em casos de adoção o processo será o mesmo.Mesmo emcaso de ambandonos, não existe xausa sem efeito e ele tem sempre o eco da evolução moral , espiritual e intelectual. 
   O importante é aproveitar cada segundo desta passagem , de forma a podermos, cumprir objetivos, assumir crescimento e nunca desistir mesmo que em fases mais fragéis da vivência, a idade essa, será a soma da evolução em cada passagem pela terra, dando-te cada vez mais liberdade e conhecimento, responsabilidade e oportunidade de subir sempre mais alto.
Muita paz

Victor Passos

Postar um comentário